Está saindo do forno a nova versão do Business Monitor, dessa vez a principal evolução foi no visual, onde disponibilizamos diversas formas de personalizar as cores nos Dashboards e gráficos.

Com isso o nível de personalização ficou total, podendo usar cores e imagens na composição do Dashboard, é possível desenhar fluxos, diagramas e até infográficos para demonstrar o funcionamento e tornar mais fácil a comrpeensão dos Dashboards.

Outras evoluções ocorreram também, principalmente no tratamento de arquivos de importação, destacamos:

  • Possibilidade de importar arquivos texto com campos delimitados (tamanho fixo de campos)
  • Ao “testar” um arquivo importado, agora o sistema indica se ele é legível e o tipo de arquivo detectado
  • Na importação de arquivos, agora aceitamos arquivos compactados, os mesmos serão descompactados durante a importação do RecordSet. Tipos suprotados: .zip, .tar, .tar.gz, .gz, .bz2, .tar.bz2
  • Novo tipo de DataSource: é possível definir um script localizado no servidor como fonte de dados, isso permite rodar qualquer tipo de script que execute uma tarefa e traga os dados para captura dos mesmos e posterior criação dos gráficos
  • Suporte a expressão regular na importação de arquivos CSV, para usar como delimitador de campo, isso dá flexibilidade na importação de arquivos irregulares
  • Suporte preliminar a importação de arquivos PDF, somado às opções de processamento acima, permite acesso a uma valiosa fonte de informações
  • Suporte preliminar a importação de arquivos XLS (apenas para Excel até versão 2010) – somente em ambiente Linux
  • Na conexão ao MySQL, permitimos habilitar compressão e buffer, o que deve dar maior performance ao conectar em servidores remotos
  • Opção na interface a acesso a recursos BETA, que permitirá também download de versões BETA usando o processo de atualização comum
  • Atualizadas bibliotecas gerais para permitir novas funções e recursos

 

E alguns pequenos bugs corrigidos:

  • No RecordSet, se tentar excluir um campo, alertava que estava em uso mesmo se não estivesse
  • Ao editar uma View existente, nos campos não eram exibidos as descrições